Corpo de Bombeiros interdita Escola Estadual Nova Canaã


RETRATO DA EDUCAÇÃO
Mais de mil alunos estão sem aula em função do risco de desabamento do teto
Pau e Prosa Comunicação

 

A Escola Estadual Nova Canaã, localizada no município de Nova Canaã do Norte, a 696 km de Cuiabá, foi interditada pelo Corpo de Bombeiros, nesta quarta-feira (24) de manhã. O laudo está sendo providenciado em Colíder, cidade vizinha, mas as aulas já foram suspensas em função das péssimas condições do madeiramento que sustenta o telhado das salas de aula.

Aproximadamente 1.100 alunos estão prejudicados pela interdição. Segundo a presidente da subsede do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Régia Cristina Pires, a situação oferece visível risco aos estudantes, inclusive de desabamento. “Há dois anos o refeitório também foi interditado por causa desse mesmo problema e desde então cobramos providências, o que não ocorreu”, ressaltou.

Como o local que funcionava o refeitório é uma construção separada das salas de aula, as atividades não foram interrompidas. Mas, diante do agravamento da situação e da proximidade do período de chuvas, as más condições oferecem ainda mais risco, tanto que o pedido de vistoria ao Corpo de Bombeiros foi feito pela comunidade escolar. “Aderimos à greve da rede estadual, em junho, principalmente por este motivo e denunciamos veementemente”, lembrou a sindicalista.

A presidente da subsede do Sintep/MT em Nova Canaã frisou ainda que a escola recebeu visitas de deputados estaduais e, portanto, constataram a gravidade da falta de infraestrutura. “Mas, mesmo tendo conhecimento sobre a questão, representantes dos Poderes Executivo e Legislativo não tomaram qualquer providência”, finalizou Régia Pires.

Deixe seu Comentário