Semana Pedagógica discute planejamento do ano letivo


Tharyana Durigon/Assessoria

Secretário de Educação de Cuiabá, Permínio Pinto Filho, discursa na abertura dos trabalhos da Semana Pedagógica (Foto: Tharyana Durigon/SME)

A Semana Pedagógica, que é promovida pela Secretaria Municipal de Educação (SME), começou nesta quinta-feira (26) no auditório das Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão (FEICS). Este primeiro encontro é destinado à formação dos gestores das unidades escolares de ensino e creches, analisando os resultados de 2011 e, baseando-se nisso, planejar o ano letivo de 2012.

Os educadores foram recebidos pelo secretário Municipal de Educação, Permínio Pinto Filho, que pontuou alguns dos principais objetivos que a SME pretende atingir em 2012, melhorando a qualidade do ensino ofertado e as condições de trabalho dos professores, além de evitar o acúmulo de processos de aposentadoria, licença prêmio e elevação de nível.

Mais de R$ 1 milhão já foram investidos na aquisição de materiais e equipamentos para creches e escolas, tais como freezer, geladeiras, fogões, ventiladores, colchões, ares-condicionados, carteiras, armários, entre outros que foram solicitados durante o ano de 2011.

“O nosso propósito é continuar avançando. Chegar até aqui foi fácil. O difícil é sair para uma condição melhor. E é por isso que nós não vamos ficar parados. Se nós não tivermos a coragem de enfrentar os problemas da educação, perderemos nossas crianças para o descaminho.”, argumentou Permínio.

O primeiro dia da Semana Pedagógica contou também com a presença da presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Helena Bortolo, que destacou a necessidade e a importância de, não só os professores, mas também os pais de alunos e toda a comunidade optar e lutar pela educação. “A educação é luta. É fundamental na vida de todo ser humano”, ressaltou.

Já o diretor de Gestão Educacional, Gilberto Fraga de Melo, levantou a questão de que as escolas não podem contribuir para a não permanência dos alunos em sala de aula, focando-se na obrigatoriedade do cumprimento dos 200 dias letivos, ou seja, 800 horas/aula. “A Secretaria Municipal de Educação, assim como os diretores e gestores de escolas e creches, não podem contribuir para a ausência dos alunos. Nós devemos continuar lutando por estas três bandeiras: acesso, permanência e sucesso.”

Ressaltando, ainda, que para produzir educação de qualidade é preciso disposição.

As atividades da Semana Pedagógica com as equipes gestoras das unidades prosseguem nesta sexta-feira (27-01) das 08h às 18h no auditório I – com os diretores e gestores de escolas – e no auditório da FEICS, com participação dos diretores e gestores de creches.

Deixe seu Comentário