Profissionais da Educação realizam vigília na Assembleia Legislativa de MT


Gazeta Digital
Nesta quarta-feira (17) profissionais da rede Estadual de Educação de Mato Grosso se reúnem na Assembleia Legislativa do Estado, a partir das 8h, para realizar uma “vigília” para implantação imediata do piso salarial da categoria de R$ 1.312. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep),
como nesta terça-feira (16) foi o dia da paralisação nacional dos profissionais da educação, em protesto a implantação do piso salarial, Mato Grosso optou, durante a realização da última assembleia, em realizar a vigília junto ao legislativo estadual, e assim apresentar aos deputados as demais demandas da classe.
 
Outros pleitos que figuram entrem as principais reivindicações da categoria estão à conquista pela hora atividade para interinos e a ampliação dos recursos para melhoria da infraestrutura da Educação no Estado. Para maior efeito de mobilização das necessidades dos profissionais junto aos parlamentares, o Sintep disponibilizou, no site do sindicato, modelos de dossiês e de cartas direcionadas aos deputados. 
 
A intenção do sindicato é que os profissionais utilizem a ferramenta para expor, de forma oficial, as necessidades da categoria ao legislativo, e que levem os documentos para a vigília, já prontos, com as reivindicações de cada um, cobrando providencias dos representantes dos poderes Executivo e Legislativo de Mato Grosso. (Ascom Sintep)

Deixe seu Comentário